sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

EU RENEGO.... QUE O SENHOR TENHA PIEDADE DE MINH’ALMA ...

EU RENEGO....
QUE O SENHOR TENHA PIEDADE DE MINH’ALMA E SEJA MISERICORDIOSO PARA COMIGO, POIS RECONHEÇO QUE SOBREVIVO POR SUA SANTA E BOA VONTADE E PROTEÇÃO.

Em um momento da vida a criatura tem que escolher entre Deus e o pecado, principalmente na forma de omissão, e aqui cito Tiago, capitulo 4, versículo 17: “Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado”.
O Significado de Omissão é “ falta de ação no cumprimento de um dever.
Falta; não dizer ou de deixar de dizer alguma coisa. Falha; não fazer ou deixar de fazer alguma coisa. Negligência; ausência de atenção e de cuidado. (Etm. do latim: omissio.onis)
O que agora estou fazendo não fere outro ensinamento dessa carta de “Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo”, aquém Paulo se refere como “Tiago, irmão do Senhor” e o inclui entre os “apóstolos” e um dos “pilares da Igreja”, que é “Irmãos, não faleis mal uns dos outros” (versículo 11), pois dos que falarei não são meus Irmãos em Cristo Jesus.
Diante das Palavras das Sagradas Escrituras são:
Apostatas, pois “ se afastaram do seio da igreja invisível, o Corpo Místico de Cristo, para abraçar ensinos contrários aos fundamentos bíblicos”;
Heréticos, pois pregam e praticam doutrinas totalmente contrárias   as que estão na Bíblia, criando dogmas, estabelecendo verdades que não existem nas Sagradas Escrituras, e assim por diante:
Mentirosos, pois transformam seus sonhos, seus devaneios, suas ambições, principalmente as financeiras, em ideais ditos religiosos, e com isso vão de encontro ao clamor da modernidade mundana, esquecendo-se totalmente do Alvo Principal que é a busca da Vida Santificada em Cristo Jesus.
Larápios da Boa Fé dos que sofrem.
Gatunos dos bens de quem pouco têm.  
Debochadores do Sacrifício Vicário de Cristo, que usam em proveito proprio e não para a Gloria de Deus.
E, principalmente, OFENSORES do Senhor nosso Deus.

POR ISSO EU NÃO SEREI OMISSO E DECLARO QUE:

EU RENEGO....
Que fora desse Ato de Fé e Vontade estão duas Igrejas mui queridas ao meu coração, seus pastores e seus congregados:
1-     A Igreja Presbiteriana de Alto Jequitibá, Alto Jequitibá, Minas Gerais, Brasil.
2-     A Primeira Igreja Batista de Copacabana - PIB COPA - Rua Décio Vilares, 194 , Bairro Peixoto, Copacabana, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Quero deixar claro que não reconheço a Igreja Católica Apostólica Romana como a única representante da Cristandade espalhada pelo Mundo.
Isso estabelecido, vamos aos fatos:
Nasci católico apostólico romano, e aos 33 anos me converti ao Protestantismo, recebendo o chamado de Jesus na Vigília de 1979/1980 na Igreja Presbiteriana de Alto Jequitibá, e sou grato a Deus por isso. 
Durante 36 anos não houve um dia sequer que não me dediquei a cultuar o meu Deus e Pai de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Nenhum um dia.
Passei a estudar com afinco a Sã Doutrina.
A Bíblia, a Palavra do Deus Vivo, escrita por Inspiração Divina, passou de um simples livro que justificava sob a ótica judaico-cristã “ o motivo da existência do homem na Terra “, para um livro onde está escrito o Código de Conduta para aquele que crê, que recebeu o Dom da Fé, no Deus Criador, no Deus de Abraão, Isaque e Jacó, no Deus e Pai de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Busquei com toda a força de meu coração, de meu ser, de minha alma, de meu espirito, mas consciente de todas as minhas falhas de ser humano, compreender e seguir esse Código de Conduta, essa Regra de Vida, em busca de uma vida santificada em Cristo Jesus. 
Foi, e está sendo difícil, mas não esmoreço, continuo levando adiante essa minha convicção com a Fé que pela Graça me foi doada.
TODAVIA tenho que reconhecer que o MOVIMENTO iniciado com a “ Reforma Protestante, no início do século XVI, em 31 de outubro de 1517, quando o monge agostiniano Martinho Lutero fixou suas 95 teses, na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, Alemanha, propondo uma reforma no catolicismo romano”, de tão deturpado pelos homens durante esses últimos séculos simplesmente ACABOU, se EXAURIU, se ESGOTOU.
Bem como pelos homens “ A Instituição da Religião Cristã, em latim Christianae religionis institutio, ou simplesmente As Institutas, que é a obra principal da teologia de João Calvino”, SE TORNOU LETRA MORTA, É LETRA MORTA.
As Congregações espalhadas pelo mundo que ainda tentam seguir o movimento Protestante, ou As Institutas, são pejorativamente chamadas de Fundamentalistas, e o que é pior, por aqueles mesmos que se dizem, que se autoproclamam, “ evangélicos ou protestantes”. 
A bem da verdade, alguns reverendos, pastores, principalmente os norte-americanos, usam e abusam deles para oprimir suas congregações, o que é totalmente errado, já que esquecem da Graça de Deus.
Chamo atenção que estes “ evangélicos ou protestantes”, citados acima como críticos, independentemente das chamadas “denominações’, procedem de maneira contraria aos princípios estabelecidos pela Sã Doutrina, abraçando “ princípios alternativos hostis ou contraditórios ao que consta nas Sagradas Escrituras em nome da evolução da Sociedade Moderna”.  
Vemos em todos os níveis sociais, em todos os níveis de governo, em todas as denominações e suas Igrejas, o que se diz ‘justo’ (homens e mulheres que esquecem do que está escrito em Romanos 3:10 : "Não há nenhum justo, nem um sequer;...) sentado na roda dos escarnecedores, numa boa, como se tudo fosse permitido para aquele que se diz seguidor de nosso Senhor Jesus Cristo, ferindo assim o Salmo 1:1 “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores”.
É um escárnio.
Deus usou do “ Urim e Tumim (do hebraico אורים ותמים luzes e perfeições), duas pedras colocadas no peitoral do Sumo Sacerdote de Israel, contendo em uma face resposta positiva e em outra resposta negativa. Fazendo-se a pergunta, jogavam-se as pedras, e de acordo com os lados que caíssem era confirmado uma resposta negativa, positiva ou sem resultados, e assim era descoberta a Vontade de Deus para o evento consultado”, e esse fato é uma verdade inquestionável.
Contudo não existe nenhum versículo bíblico, nenhuma passagem da Bíblia, que descreve o Senhor nosso Deus criando uma “Loteria nos Céus”, uma “Loteria da Fé”, com boletos, comprovantes de apostas, etc, etc, etc.
NÃO HÁ.
Nenhum profeta, nenhum Homem Santo, citado nas Sagradas Escrituras, apregoou “ compre essa rifa que vai ganhar na Loteria da Fé”, “ De um denário, que Deus vai lhe dar 10 denários”, “ De seu anel de ouro, que Deus vai lhe dar um anel para cada dedo da mão”. 
NENHUM.
Os que pregam esse tipo de coisa estão debochando de Deus, do Sacrifício Vicário de nosso Salvador Jesus Cristo, e ROUBANDO os incrédulos que nada sabem sobre a verdadeira Sã Doutrina.
É um escárnio.
É uma afronta.
Para aumentar o debique vemos pelas TVs:  
1.      Homens e mulheres bens vestidos, com ares de quem tem credibilidade, cheios de confiança em seu notável saber bíblico, e assim passando confiança ao telespectador;
2.      Pessoas ignorantes que não sabem nem falar direito, muito menos discernir o que estão lendo em suas Bíblias, mas que doutoralmente emitem conceitos bíblicos;
3.      Figuras excêntricas vestindo roupas esdrúxulas e escalafobéticas, e porque não afirmar grotescas;
Todos, repito todos, de Bíblia nas mãos, ou com elas, as Sagradas Escrituras, estrategicamente colocadas em altares, ou colunas, ao nas mãos de um ‘obreiro’, posicionados em suas espáduas, enquanto no centro da plataforma, ou de uma sala, vociferam as mais terríveis barbaridades em Nome e pelo Nome Santo de Jesus.
Isso sem falar nos espetáculos deprimentes – manifestações demoníacas são as prediletas- nos quais participam pessoas influenciadas pelo momento, ou mesmo com nítidos problemas psicológicos, que se prestam a tais farsas.
É UMA TRISTEZA.  
É uma afronta.
É um destampatório.
Dizem que são membros das “ Igrejas Pentecostais”.
Mais, a maioria nem sabe o que é um Igreja Pentecostal.
“Não sabe que o Pentecostalismo é um movimento cristão protestante que dá grande relevo ao Dia de Pentecostes e que apresenta algumas diferenças em comparação com outras denominações. ”
Os que usam e abusam do Pentecostalismo conhecem, pois lhes é útil conhecer para impressionar o povo sofrido:
1-     O fenômeno carismático caracterizado pela glossolalia, conhecido como dom de línguas (1 Coríntios 12:10);
2-     A “mais que agradável aos ouvidos dos homens Doutrina, denominada Doutrina da Prosperidade, ou Teologia da Prosperidade, que defende que a bênção financeira é o desejo de Deus para todos cristãos e que as doações para os ministérios cristãos deles irão sempre aumentar a riqueza material do fiel - doador.
Eles usam e abusam do Livro de Malaquias, pois nele está escrito no capitulo 3, versículos de 8 até 10: "Pode um homem roubar de Deus? Contudo vocês estão me roubando. E ainda perguntam: ‘Como é que te roubamos? ’ Nos dízimos e nas ofertas.
Vocês estão debaixo de grande maldição porque estão me roubando; a nação toda está me roubando.
Tragam o dízimo todo ao depósito do templo, para que haja alimento em minha casa. Ponham-me à prova", diz o Senhor dos Exércitos, "e vejam se não vou abrir as comportas dos céus e derramar sobre vocês tantas bênçãos que nem terão onde guardá-las.
Bem como do Livro de Ageu, capitulo 2, versículo 8:  "Tanto a prata quanto o ouro me pertencem", declara o Senhor dos Exércitos”, e realmente ao Criador pertence, mas não há garantia que Ele dará aos ‘fieis’ como ensina a Doutrina da Prosperidade.
É puro engodo.
Colaborou, contribuiu, comprou, pagou, LOGO GANHOU, é o que promete os ‘agentes’ da Loteria nos Céus”, da “Loteria da Fé”.
Repito: Puro engodo.
Esquecem da busca da Vida Santificada em Cristo Jesus, do fiel, do cristão, do crente, refletir na bonança ou na tristeza em sua face o Rosto de Cristo.
A vida cristã nunca foi, não é, nem nunca será fácil. NUNCA.
Com as chamadas “ pentecostais’ vieram as Neopentecostais, as Congregações “ oriundas do pentecostalismo ou mesmo das igrejas cristãs tradicionais, com seus apóstolos, bispos, pastores, evangelistas, missionários, que atuam massivamente através das TVs, das rádios, dos jornais, das editoras ou literaturas próprias, e sites, divulgando de todas as maneiras possíveis a “ doutrina da prosperidade”.
São verdadeiros “mercadores de esperança”, que sem o menor pudor pedem ‘dinheiro’, bens, recursos, aos aflitos desse Mundo Tenebroso que de boa-fé lhes fornece.
É uma vergonha.
É uma tristeza.
É um escárnio.
Chegam ao desplante de colocar no pé da Tela da TV dizeres como:
“ Se querem manter esse programa no ar, deposite no Banco tal, agencia tal, conta tal e tal, importância que variam de tantos a tantos reais, que sua vida será ricamente abençoada”.
FAÇA-ME O FAVOR.
Eu não suporto mais isso.
Está me fazendo mal ao corpo, a alma, ao espirito, e, principalmente, a mente.
Repito eu não suporto mais essa situação de escarnio com o Senhor meu, e Deus meu.
Por isso:
EU RENEGO:
A forma que algumas Igrejas usam da Bíblia para dominar seus congregados em nome da Reforma Protestante e das Institutas.
A forma que pastores ungidos usam dos princípios alternativos hostis ou contraditórios ao que consta nas Sagradas Escrituras em nome da evolução da Sociedade Moderna. 
A forma espúria com que o pentecostalismo usa a Doutrina da Prosperidade para engodar aos aflitos desse Mundo Tenebroso.
A forma espúria com que as congregações Neopentecostais usam a Doutrina da Prosperidade para engodar aos aflitos desse Mundo Tenebroso.
Aos que se autoproclamam ‘justos’ batendo nos peitos, mas que andam segundo o conselho dos ímpios, se detém no caminho dos pecadores, e se assentam na roda dos escarnecedores.
A todos aqueles que se dizem cristão da boca para fora, cristãos para tirarem com essa afirmação todo tipo de proveito da condição de filho de Deus pelo Sacrifício de Cristo.
EU RENEGO.
EU RENEGO DO FUNDO DE MINH’ALMA, COM TODA A FORÇA DE MEU SER.
CONTUDO EU AFIRMO:
Creio que Tanakh - conjunto principal de livros sagrados (Torá ( תורה )- Neviim ( נביאים) - Kethuvim (כתובים) dos judeus)-  é a Bíblia Judaica.
Creio que a Bíblia, dividida em dois grandes grupos de livros: o Antigo e o Novo Testamento, contém as Sagradas Escrituras divinamente inspiradas, e consequentemente é a Palavra do Deus Vivo.
Creio que a Bíblia é um documento doutrinário, um Código de Conduta, que estabelece as bases do relacionamento de Deus com a Humanidade, do relacionamento do Criador com a Criatura.
Creio pela minha fé no Mistério da Santíssima Trindade, no Deus único, Onipotente, Onisciente e Onipresente, revelado em três pessoas distintas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.
PORTANTO:
Creio em Deus, no Bereshit denominado de Elohim, como o Divino Criador dos céus e da terra a partir do nada, conforme o Livro de Gênesis / Bereshit 1:1. Creio que Ele é o Deus Pai, a primeira prosopon, pessoa em grego, da Santíssima Trindade, meu Pai e Senhor absoluto pelo Sacrifício Vicário de Jesus de Nazaré, o Cristo do Deus Vivo.
“ O Pai que não foi criado nem gerado. É o "princípio e o fim, princípio sem princípio" da vida e está em absoluta comunhão com o Filho e com o Espírito Santo. Foi o Pai que enviou o seu Filho, Jesus Cristo, para salvar-nos da morte espiritual, pelo sacrifício vicário. Isto revela o amor infinito de Deus sobre os homens e o não-abandono aos seus filhos adoptivos. O Pai, a primeira pessoa da Trindade, é considerado como o pai eterno e perfeito. É atribuído a esta pessoa divina a criação do mundo”.
Creio em Jesus de Nazaré, o Cristo do Deus Vivo, seu único Filho, a segunda prosopon, pessoa em grego, da Santíssima Trindade, portanto Deus com o Pai, nosso Senhor e Salvador, como está na Carta de Paulo aos Romanos, capitulo 5, versículos de 5 até 11.
O Filho – Eterno como o Pai e consubstancial (pertencente à mesma natureza e substância) a Ele. Não foi criado pelo Pai, mas gerado na eternidade da substância do Pai. Porém Colossenses 1:13-15, chama a Jesus de "primogênito de toda criação". Encarnou-se em Jesus de Nazaré, assumindo assim a natureza humana. O Filho, a segunda pessoa da Trindade, é considerado como o Filho Eterno (Filho sob a ótica humana no sentido de que se tornando homem, deixou sua divindade, tornando-se totalmente dependente de Deus), com todas as perfeições divinas: a Ele é atribuída a redenção (salvação) do mundo”.
Creio no Espírito Santo que é Deus com Deus Pai Criador e com Deus Filho Jesus, a terceira prosopon, pessoa em grego, da Santíssima Trindade que atua constantemente, dia e noite, noite e dia, na vida dos cristãos e do Corpo Místico de Cristo, a Igreja.

 “ Espírito Santo que não foi criado nem gerado. Esta pessoa divina personaliza o Amor íntimo e infinito de Deus sobre os homens, segundo a reflexão de Agostinho. Manifestou-se primeiramente no Batismo e na Transfiguração de Jesus e plenamente revelado no dia de Pentecostes. Habita nos corações dos fiéis e estabelece entre estes e Jesus uma comunhão íntima, tornando-os unidos num só Corpo. O Espírito Santo, a terceira pessoa da Trindade, é considerado como o puro nexo de amor. Atribui-se a esta pessoa divina a santificação da Igreja e do mundo com os seus dons.

Creio em Jesus que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, e nasceu da Virgem Maria, como está no Evangelho de Lucas, capitulo 1, versículos de 26 até 38.

Creio em Jesus que padeceu sob Pôncio Pilatos como está no Evangelho de
Marcos, capitulo 15, versículos de 1 até 15.

Creio em Jesus que foi crucificado como está no Evangelho de
Marcos, capitulo 15, versículos de 24 até 27.

Creio em Jesus que foi morto como está no Evangelho de João, capitulo 19, versículos de 33 até 37.

Creio em Jesus que foi sepultado como está no Evangelho de João, capitulo 19, versículos de 38 até 42.

Creio em Jesus que desceu a mansão dos mortos, e entre eles pregou a Salvação, e eu destaco o que está na Carta aos Hebreus, capitulo 12, versículos 22 e 23.

Creio em Jesus que ressuscitou ao terceiro dia como está no Evangelho de João, capitulo 20, versículos de 1 até 31.

Creio em Jesus que subiu aos Céus, como está no Atos dos Apóstolos, capitulo 1, versículos de 1 até 12.  

Creio em Jesus que está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, como está no Atos dos Apóstolos, capitulo 2, versículos de 33 até 36.

Creio em Jesus que há de vir a julgar os vivos e mortos conforme está escrito no Livro de Zacarias, capitulo 14, de 1 até 21, no Atos dos Apóstolos, capitulo 17, versículos 30 e 3, no Evangelho de Mateus, capitulo 25, versículos 31 e 32, no de João, capitulo 22, versículos de 22 até 26.

Creio na Santa Igreja como Corpo Místico de Cristo.
Creio na comunhão dos santos, pois juntos formam o Corpo Místico, cuja Cabeça é o próprio Cristo do Deus Vivo.

Creio na remissão dos pecados como está no Evangelho de Mateus, capítulo 26, versículo 28, por isso destaco as palavras de Jesus:  ‘ Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para a remissão dos pecados”, e, também, em Atos dos Apóstolos, capítulo 10, versículo 43.

Creio na ressurreição da carne, conforme está em I Coríntios, capitulo 15, versículos de 20 até 22, na Carta aos Hebreus, capitulo 9, versículos 27 e 28.

Creio na vida eterna conforme está na Carta aos Romanos, capitulo 2, versículos 6 e 7.

QUE O SENHOR TENHA PIEDADE DE MINH’ALMA E SEJA MISERICORDIOSO PARA COMIGO, POIS RECONHEÇO QUE SOBREVIVO POR SUA SANTA E BOA VONTADE E PROTEÇÃO.

Jorge Eduardo


São Paulo 17/18 de dezembro de 2015.