quarta-feira, 1 de julho de 2015

Felipe V , Rei de Espanha e das Índias.

OS REIS BORBÓNS EM ESPANHA E IMPÉRIO COLONIAL.


Retrato de Filipe V
Por Miguel Jacinto Meléndez
Museu do Prado, Madrid .

Felipe V, Rey de España, posee un gran sentido de la rectitud, es muy religioso, tiene un gran miedo al diablo, carece de vicios y no los permite en los que le rodean.
Louis de Rouvroy, Duque de Saint-Simon


Filipe V «el Animoso»
Nasceu no Château de Versailles, no dia 19 de dezembro de 1683
Faleceu no Palacio del Buen Retiro de Madrid, no dia 09 de julho de 1746 com 62 anos.
Com o incêndio no Alcazar Real de Madrid na véspera de Natal 1734 foi que a família real foi instalada no Palacio del Buen Retiro de Madrid.
Filiação:
Pai: S. A.R. Monseigneur Louis de France, le Grand Dauphin, Prince héritier de France et de Navarre, filho de Luis XIV e de María Teresa de Austria, essa filha de Felipe IV, Rei de España;
Mãe: Maria Anna Christine Victoria von Bayern - bayerische Prinzessin, Marie Anne Christine Victoire de Bavière, Princesse de Bavière, Dauphine de France, da Maison de Wittelsbach.
Títulos:
1-      Duque de Saint-Aignan;
2-      Duque d’Anjou;
3-      Rei de Espanha e das Índia
Tratamentos:
1683 – 1700:
S.A.R. Monseigneur le Duc d'Anjou
1700 – 1724:
 Sua Majestade o Rei de Espanha
15 de janeiro de 1724 - 06 de setembro de 1724:
Sua Majestade Filipe V, Rei de Espanha (durante o reinado de seu filho)
1724 - 1746:
Sua Majestade o Rei da Espanha.
Grão-Mestre da Ordem do Tosão de Ouro
Grão-Mestre da Ordem de Montesa
Grão-Mestre da Ordem de Alcântara
Grão-Mestre da Ordem de Calatrava
Grão-Mestre da Ordem de Santiago.
Cavaleiro da Ordem do Espírito Santo (Reino da França)
Cavaleiro da Ordem de São Miguel (Reino da França)
Recapitulando:
Rei de Espanha de 15 de novembro de 1700 - 14 de janeiro de 1724 -  23 anos 1 mês e 30 dias.
Período em que reinou, por abdicação do pai, seu filho Luis I, que morreu prematuramente 31 de agosto de 1724.
Voltou ao Trono em 16 de setembro de 1724 - 9 de julho de 1746 -  21 anos 10 meses e 3 dias.
Foi ainda:
Rei de Espanha Rei de Castela, de Aragão, de Leon, de Navarra, de Granada, de Jerusalém, de Toledo, das Duas Sicílias, de Nápoles e Sardenha, de Valencia, da Galiza, de Mallorca, de Menorca , de Sevilha , de Córdoba , em Murcia , em Jaén , de Los Algarves , de Algeciras , de Gibraltar , das ilhas Canárias , o Índias Orientais e Oeste , das ilhas e continente do Mar Oceano, Duque de Milão e soberana dos Países Baixos, e outros títulos pertencentes à Coroa.
Conflitos militares em que se envolveu;
Guerra de Sucessão Espanhola (1701 - 1715) Guerra da Quádrupla Aliança (1718 - 1720) Guerra anglo-espanhola de 1727 ( 1727 - 1729 ) Guerra de Sucessão da Polônia ( 1733 - 1738 ) A chamada Guerra da orelha de Jenkins ou Guerra do Asiento foi um conflito bélico em que se enfrentaram as frotas e tropas coloniais da Grã-Bretanha e Espanha (com auxílio da França, enviando uma frota de guerra) destacadas na área do Caribe  (1739 - 1748 ) Guerra de Sucessão Austríaca ( 1740 - 1748 )
Abdicação:
Em 10 de janeiro de 1724, depois de 23 anos 1 mês e 30 dias, Felipe V, abdicou em seu filho Luis. São discutidas as razões para esta abdicação:
Felipe V esperava suceder o avô, Luis XIV, no Trono da França, uma vez que o Tratado de Utrecht proibida a Espanha e a França foram regidos pela mesma pessoa.
Estava doente e temia de mais poder continuar seus afazeres como Monarca, de não ter discernimento para governar.
Por que sofria de depressão grave, ou “transtorno depressivo, ou perturbação depressiva, um transtorno psiquiátrico que afeta pessoas de todas as idades. Caracteriza-se pela perda de prazer nas atividades diárias (anedonia), apatia, alterações cognitivas (diminuição da capacidade de raciocinar adequadamente, de se concentrar ou/e de tomar decisões), psicomotoras (lentidão, fadiga e sensação de fraqueza), alterações do sono (mais frequentemente insônia, podendo ocorrer também hipersonolência), alterações do apetite (mais comumente perda do apetite, podendo ocorrer também aumento do apetite), redução do interesse sexual, retraimento social, ideação suicida e prejuízo funcional significativo.
Quando da morte do filho e sucessor, ele não queria voltar ao Trono, mas acabou aceitando os argumentos apresentados e os desejos de sua esposa, a Rainha Isabel Farnésio, e ficou nele por mais 23 anos 1 mês e 30 dias.  

Felipe V

Real Sitio de San Ildefonso, está localizado no lado norte da Serra de Guadarrama , a 13 km de Segóvia, e cerca de 80 km de Madrid, e dividido nas seguintes localidades de San Ildefonso o La Granja, de Riofrío, de Valsaín, e de Pradera de Navalhorno.               
Enrique III, el Doliente, Rei de Castela, mandou construir La Casa del Bosque, um chalé de caça, em Valsaín.
Enrique el Impotente, ou Henrique IV, Rei de Castela, construiu uma capela dedicada a São Idelfonso, São Ildefonso de Toledo (Toledo, * 607 -  + 667), Arcebispo de Toledo de 657-667 e é um dos Pais da Igreja.
Os Reis Católicos, Izabel e Fernando, doaram essas construções e terras aos monges Jerónimos do Monasterio de Santa María del Parral.
Felipe II vivia em simbiose com os padres católicos, aproveitou essa amizade para fazer uma grande reforma nas construções monacais, e as converteu em um suntuoso palácio que foi a residência de verão de seus sucessores até Carlos II, pois nesse reinado ocorreu um grande e devastador incêndio, destruindo uma grande parte do palácio Filipino.
Chamo atenção que a Família de Luis XIV tinha verdadeiro pavor de Paris, pavor esse incutido pelo próprio Rei-Sol, já que ele tinha passado o pão que o diabo amassou na sua Capital Medieval.
E esse pavor do povo de Paris, da planta urbana de Paris, foi um dos motivos que levou o Rei Sol a transformar a Chalé de Caça de seu pai, Luis XIII, no suntuosos Palacio de Versalhes.
Felipe de Borbón podia exercitar o esporte preferido dos Capetos, a caça, no Real Sitio de San Ildefonso, mas ele queria na Espanha um Versalhes como o de seu avô, Luis XIV.
E Felipe V se tornou o responsável pela construção do Palacio Real de La Granja de San Ildefonso,
dando início às obras  em 1721, que teoricamente ficou pronta em 1739.
Depois de sua abdicação em 14 de janeiro de 1724, Felipe V, foi residir Palacio Real de La Granja de San Ildefonso, e mesmo quando voltou ao Trono o local virou de facto a Corte do Rei de Espanha, inclusive se transformou no “lugar de encontro entre o Rei e os seus ministros para os despachos de governo”.
Os cortesões migraram para a cidade de San Ildefonso, que se expandiu providenciado hospedagem, serviços, etc., para eles.
Instalações militares e uma Igreja dedicada à Santíssima Trindade foram erguidas.
Nele, Felipe de Borbón se sentia seguro, até feliz, pois sem delongas, sem muitas complexidades, pode entregar os assuntos do reino a sua Isabel Farnésio.
Casamentos e filhos:
1-      Com a prima, Maria Luisa Gabriela, filha de Victor Amadeus II, Duque de Savóia e Rei da Sardenha (bisneto de Henrique IV, Rei da França), e de Anne-Marie de Orléans (filha de Felipe I, Monsieur fere unique du Roi, Duque de Orleans, irmão de Luís XIV de França e de Henrietta da Inglaterra. Em 2 de novembro de 1701, em Figueras, uma cidade fronteira espanhola com França, localizada no norte da província de Gerona , Catalunha,  com apenas 13 anos.
São pais de:
Luis I (25 de agosto de 1707 - 31 de agosto de 1724), Rei de Espanha, casado com Luísa Isabel de Orleans, sem filhos.
Felipe Infante (02 de julho de 1709 - 08 de julho de 1709).
Felipe Pedro (07 de junho de 1712 - 29 de dezembro de 1719).
Fernando VI (23 de setembro de 1713 - 10 de agosto de 1759), Rei de Espanha.
2-      Com Elisabetta Farnese, " la parmesana ", Isabel de Farnesio, Isabel Farnésio, Duquesa de Parma (última do Farnese. Filha do Príncipe Herdeiro do Ducado de Parma, Eduardo Farnésio, e de sua esposa, Dorothea Sophie do Palatinado-Neuburg, filha de Filipe Guilherme de Neuburgo, Eleitor Palatino, Conde Palatino e Duque de Neuburg-Pfalz.
Casaram “graças aos bons esforços do Bispo italiano de Málaga, Giulio Cardeal Alberoni, que ascendeu a primeiro-ministro com a chegada dela a Corte, em 24 de dezembro de 1714”. Ela tinha vinte e dois anos, Filipe quase trinta e um.
Foram pais de:
Carlos III de Borbón y Farnesio (1716 - 1788), Rei de Espanha e das Duas Sicílias, dito «el Político»b, o «el Mejor Alcalde de Madrid».
Francisco de Borbón y Farnesio (1717). Morreu logo após o nascimento.
Mariana Victoria de Borbón y Farnesio (1718 - 1781), Rainha consorte de Portugal, esposa de Jose I, Rei de Portugal e Algarves.
Felipe de Borbón y Farnesio (1720 - 1765), Infante da Espanha, Duque de Parma, Plasencia e Guastalla. Fundador do Ramo da Bourbon-Parma.
María Teresa Rafaela de Borbón y Farnesio (1726 - 1746), casou com Luis Fernando de Bourbon, Delfin de França, filho mais velho de Luís XV e de Maria Leszczynska. Faleceu sem descendência.
Luis Antonio Jaime de Borbón y Farnesio , Cardenal-Infante don Luis (1727-1785), Cardenal presbítero de Santa María della Scala. “Cardeal arcebispo de Toledo e Primaz da Espanha (1735) e Arcebispo de Sevilha (1741). Ele abandonou a Igreja em 1754, tornando-se em 1761 o décimo terceiro conde de Chinchon . Foi um importante patrono que artistas como Francisco de Goya e Luis Paret e o músico Luigi Boccherini
Casou com Doña María Teresa de Vallabriga, Rozas, Español y Drummond de Melfort,
e tiveram filhos.
María Antonia Fernanda de Borbón y Farnesio  (1729-1785). Casou com Vittorio Amedeo III di Savoia, Duque de Savoia, de Piemonte e d’Aosta, Rei da Sardenha.




Felipe V com sua família
Louis-Michel van Loo – 31 de dezembro de 1742
http://www.museodelprado.es



A doença de Felipe V se agravou, vivia em seus aposentos, “ diabético, inchado e desajeitado, com pernas arqueadas pela gota e olhar perdido, sofrendo de transtorno depressivo, acabou falecendo de um acidente vascular cerebral na noite de 9 de julho de 1746”.
A seu pedido foi sepultado no Palácio Real de La Granja de San Ildefonso, residência real sua preferida, tanto que nela vivia e que lembrava Corte de Versalhes, pela qual o Soberano franco-espanhol tinha grandes saudades.
La nostalgia es una gran mierda, ¿no?

Hoje se pode ver o Mausoléu situado na Igreja Colegiada da Santíssima Trindade, na sala de chamada das Relíquias, dentro do Palácio Real de La Granja de San Ildefonso, onde se encontram os restos de Felipe V e de Isabel Farnésio.



Philippe, Duque de Anjou,
Fils de Louis de France, dit « le Grand Dauphin », et petit-fils du Roi Louis XIV,
Ainda adolescente no palácio de Versalhes
Miniatura
Musée Condé de Chantilly


Era como dizia Louis de Rouvroy, Duque de Saint-Simon:

“Felipe V, Rei de Espanha, tinha um grande senso de justiça, era muito religioso, tinha um grande medo do diabo, e como era sem vícios não os permitia naquele que o rodeavam”.


Morreu de tristeza.