quarta-feira, 3 de junho de 2015

Cristiano IX, Rei da Dinamarca - o Sogro da Europa.





Monarcas da Dinamarca 



Cristiano IX, Rei da Dinamarca - o Sogro da Europa. 

Dinamarca, parte final - Os Reis europeus em função e suas Dinastias no III Milênio.

Por ordem alfabética das Nações:

Dinamarca;
Espanha;
Inglaterra- UK;
Noruega;
Suécia.

Dinamarca - Kongeriget Danmark - Reino da Dinamarca, parte final:

Huset Glücksburg
Glücksburgske slægt
Glücksburg-slægten, Huset Glücksburg (eller Lyksburg)
Slesvig-Holsten-Sønderborg-Lyksborg
House of Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
A casa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg.
A Dinastia Eslésvico-Holsácia-Sonderburgo-Glucksburgo, em português de Portugal, é oriunda do Castelo de Glücksburg, em Glücksburg no norte da Alemanha, um Ramo da Casa de Oldenburgo formado em 1825, dos descendentes do Rei Cristiano III da Dinamarca. Os seus membros incluem as Dinastias reinantes da Dinamarca e da Noruega, da Casa Real da Grécia, bem como o Príncipe Filipe, Duque de Edimburgo, consorte da Rainha Elizabeth II do UK”.
Foram seus Reis desde 1863:
Christian IX · Frederick VIII · Christian X · Frederick IX.
E atualmente Margrethe II.
1-            Christian IX, « beau-père de l'Europe » – Cristiano 9- lema: Com Deus para a honra e justiça. Rei da Dinamarca de 15 de novembro de 1863 até 29 de janeiro de 1906, 42 anos, 2 meses e 14 dias.
Duque de Schleswig, Holstein e Lauenburg (O ducado de Saxe-Lauenburg), de 1863 até 1864. Schleswig, Holstein e o Saxe-Lauenburg foram posteriormente incorporados a Prússia, dentro da Confederação Alemã do Norte (1867-1871).
Nascimento: 8 de abril de 1818, no Castelo de Gottorp, Schleswig, Ducado de Schleswig.
Morte: 29 de janeiro de 1906, aos 87 anos, Amalienborg Palace, Copenhagen, Dinamarca.
Filiação:
Pai: Friedrich Wilhelm Paul Leopold, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck.
Mãe:  Louise Caroline de Hesse-Kassel, matriarca de a Casa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (*28 de setembro de 1789 - +13 de março 1867), neta de Frederik V da Dinamarca através de sua mãe Luísa da Dinamarca, e do Landgrave Charles de Hesse-Kassel.
Dados biográficos: Em 1853, com a aprovação das grandes potências da Europa, Christian foi escolhido pelo Rei Frederico VII para ser herdeiro presuntivo ao trono dinamarquês, após a extinção da linha mais antiga, pois o Soberano em função não podia gerar filhos. “A Dinamarca tinha adotado a lei sálica, este só afetou os descendentes de Frederico III da Dinamarca, que foi o primeiro monarca hereditário da Dinamarca, antes dele, o reino foi oficialmente eletiva”.
Para que não houvesse conflitos de interesses Cristian IX casou com uma Princesa, que se não fosse a lei sálica teria mais direito ao Trono do que ele, Louise Caroline de Hesse-Kassel, e ficou tudo nos conformes.
Em 31 de julho de 1853, Cristiano é designado herdeiro com o Título de Príncipe da Dinamarca.
Cristiano e Luísa Carolina foram pais do ou da:
1-            Príncipe-herdeiro Frederico, mais tarde Rei Frederico VIII da Dinamarca, que casou com Luísa da Suécia, da Dinastia Bernadotte, e sendo pai dos Reis Cristiano X da Dinamarca e Haakon VII da Noruega.
2-            Princesa Alexandra, que casou com Alberto Eduardo, o Príncipe de Gales, futuro Eduardo VII do Reino Unido, filho da Rainha Vitoria com o Príncipe Alberto de Saxe Coburgo Gotha, sendo a mãe do Rei Jorge V do Reino Unido, bisavó de Elizabeth II.
3-            Príncipe Guilherme, que mais tarde seria eleito Rei dos Helenos (da Grécia), sob o nome Jorge I. Este foi pai de Constantino I da Grécia, avô paterno de Jorge II da Grécia, Grécia e de Filipe, Duque de Edimburgo, consorte da Rainha Elizabeth II, bisavô de Sofia da Grécia, Rainha da Espanha. Casou com a Grã-duquesa Olga Konstantinovna da Rússia, que foi Regente na Grécia.
4-            Princesa Dagmar, que casou com o Imperador Alexandre III, Czar de Todas as Rússias, sendo mãe de Nicolau II, o último Imperador russo.
5-            Princesa Tira da Dinamarca, que casou com Ernesto Augusto de Hanover, Duque de Cumberland.
6-            Príncipe Valdemar da Dinamarca, que casou com a Maria de Orleans, Marie Amélie Françoise Hélène d'Orléans, a filha do Príncipe Robert de Orleans, Duque de Chartres, e de Françoise d'Orléans, essa filha de François d’Orleans, o Príncipe de Joinville, Françoise de Bragança, Princesa de Brasil e Infanta de Portugal, filha do Imperador Pedro I do Brasil e Maria Leopoldina, Arquiduquesa d’ Áustria, a nossa Dona Chica, nascida em São Cristóvão, RJ.  
E é por esses ‘casamentos vantajosos” que ele é chamado de « beau-père de l'Europe », uma espécie de
“ Sogro da Europa”.
“Hoje, a maioria das famílias reais da Europa são descendentes diretos de Christian IX”.
Títulos e Estilos:
Christian IX, com a graça de Deus, Rei da Dinamarca, da Wends e dos godos, Duque de Schleswig, Holstein, Stormarn, o Dithmarschen, Lauenburg e Oldenburg.
08 de abril de 1818 - 06 de junho de 1825: Sua Alteza o Príncipe Christian de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Beck
06 de junho de 1825 - 31 de julho de 1853: Sua Alteza o Príncipe Christian de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
31 de julho de 1853 - 21 de dezembro de 1858: Sua Alteza o Príncipe Christian da Dinamarca
21 de dezembro de 1858 - 15 de novembro de 1863: Sua Alteza Real o Príncipe Christian da Dinamarca
15 de novembro de 1863 - 29 de janeiro de 1906: Sua Majestade o Rei da Dinamarca
1.007 Cavaleiro da Ordem do Tosão de Ouro na Espanha e o 744 Cavaleiro da Ordem da Jarreteira.
Destaco que Cristiano IX, como todos os Reis da Dinamarca, é o “Soberano das Ordens de Cavalaria Real da Dinamarca”, a saber:


I-                    Elefantordenen , The Order of the Elephant, Ordem do Elefante, uma Ordem do Reino da Dinamarca, “instituída, em 1457, pelo Rei Cristiano I da Dinamarca, e os seus estatutos foram aceitos e confirmados pelo Papa Sixto IV no ano de 1474. Foram modificados pelo Rei Cristiano IV, no dia 1 de dezembro de 1693, e mais tarde, em 1808 e 1958. Em 1958, passou a ser a concedida também às mulheres. Esta última modificação deve-se ao fato o Rei Frederico IX da Dinamarca, pai da atual Rainha da Dinamarca, não ter filhos varões para lhe suceder ao trono.


É entregue normalmente a membros da família real e outras famílias reais e chefes de Estado; desde 1580 foram nomeados 800 cavaleiros da ordem, e o elefante, símbolo da Ordem, tem sido modificado no decorrer dos anos, mas tem mantido sempre a figura de um africano "mouro" com turbante e uma lança, montado sobre o elefante.
A Divisa da Ordem é Magnanimi Pretium (Latim: O prêmio de grandeza).
II-                  Dannebrogordenen, Ordem do Dannebrog, instituída em 1671 por Christian V. Até 1808, a adesão na ordem limitou-se a cinquenta membros entre Reis e nobres, o que formou uma única classe conhecida como os Cavaleiros Brancos, para distingui-los dos Cavaleiros Azuis que eram os membros da Ordem do Elefante.  Em 1808, a Ordem foi reformada e hoje serve para homenagear e premiar os fiéis servos do Estado dinamarquês moderno, para os que prestaram relevantes serviços nos campos das artes, das ciências ou negócios, enfim para aqueles que trabalham para os interesses dinamarqueses.



Sucedeu-lhe seu filho Frederico VIII.


Continua...


Cristiano e família. 


Sucedeu-lhe seu filho Frederico VIII.

Continua...