terça-feira, 23 de junho de 2015

Felipe I de Austria el Hermoso

Continuação da Continuação
da
 Dinastia Trastámara.



Felipe, o Belo & Joana, a Louca

Assim, com a morte de seus irmãos e cunhados João e Isabel seu sobrinho Miguel de la Paz, o casal Felipe, o Belo, e Joana, Juana I de Castilla, llamada «la Loca», se tornaram Herdeiros das Coroas de Castela e Aragão, Herdeiros das Coroas das Espanhas.

Filipe I, o Belo
Philipp I. von Habsburg, genannt der Schöne,
Felipe I de Austria el Hermoso
Nascimento: Bruges, hoje Reino da Bélgica, em 22 de fevereiro de 1478 
Morte: Burgos, Castela, Reino de Espanha em 25 de setembro de 1506
Filiação:
Pai: Maximiliano I, Erzherzog von Österreich, römisch-deutscher König und Kaiser des Heiligen Römischen Reiches.
Mãe: Marie de Bourgogne, duchesse titulaire de Bourgogne, de Brabant, de Lothier, de Gueldre, de Limbourg et de Luxembourg, comtesse de Flandre, d'Artois, de Bourgogne, de Hainaut, de Hollande, de Zélande, de Namur, de Charolais et de Zutphen, marquise du Saint-Empire, dame de Frise, de Malines et de Salins.
Títulos de reinado


Brasão d’Armas
como Filipe I de Castela
Rei jure uxoris de Castela e Leão
de 1504 até 1506 com Joanna
Proclamado Rei de Castela, pelas Cortes de Valladolid, com o nome de Felipe I.
Senhor dos Países Baixos
Duque de Borgonha,
De Brabante, de Limburgo, de Lothier (Alta Lotaríngia) de Luxemburgo, e Gueldres
Conde de Habsburgo, de Tirol, d’Artois, de Flandres, de Charolais, de Hainaut, de Holanda e da Zelândia, de Zutphen
Conde Palatino da Borgonha
Senhor d’
Antuérpia e Mechelen, entre outras cidades
Grão-Mestre da Ordem do Tosão de Ouro.




  

Felipe, o Belo de Espanha, estava hospedado em El palacio de los Condestables de Castilla, conocido popularmente como casa del Cordón, quando decidiu jogar bola.
Logo “após o jogo, ainda suando, bebeu bastante água fria, caiu doente com febre alta e morreu poucos dias depois, em 25 de setembro de 1506, com apenas 28 anos”.
Circularam rumores que Fernando, Rei de Aragão e seu sogro, mandara lhe envenenar, e eu acredito, porque está história de beber agua e morrer já é batida em termos da História da Humanidade.  


 la Casa del Cordón, Burgos.

Reino da Espanha