sexta-feira, 22 de maio de 2015

Nota de Esclarecimento: do autor

Nota de Esclarecimento:

Como foi difícil estuda Guilherme de Orange- Nassau para termos um Conversa.
Guilherme é uma figura de personalidade complexa. Cheia de meandros.
Fiel a sua Honra, a seu Imperador, a seu Rei, se torna fidelíssimo ao povo dos Países Baixos, apesar de ser alemão de nascimento e Título.
Luterano na infância, foi obrigado pela família a se tornar católico-romano por exigência de uma vultosa herança, da qual fazia parte o Principado de Orange, um feudo no sul da França, cuja a suserania era disputada pelo Rei da França e pelo Imperador do Sacro Império Romano Germânico.
Foi transferido para Corte Imperial de Carlos V e I, Rei de Espanha e Imperador Sacro, em Bruxelas onde foi educado, e conheceu gente importante nos Países Baixos Espanhóis, ou Habsburguianos.
Ficou “Taciturno”, ficou “ Calado”, e sobreviveu na Corte Imperial.
Dizem que soube pelo Rei de França que o Rei de Espanha ia trucidar os protestantes nos Países Baixos e feudos vizinhos, e jurou para si mesmo que não permitiria isso de maneira nenhuma.
Sua família entrou na briga.
Sem afrontar ao Rei Felipe II, um fanático católico, mas que casou 4 vezes, e teve 8 filhos, o que se pode dizer que ele gostava de sexo e não copulava só para ter filhos, como manda a Igreja de Roma, se posicionou contra o Soberano aquém um dia jurou fidelidade.
Mais, aí veio o ato de Abjuração, uma ação ou efeito de abjurar, de renunciar, a esse juramento de fidelidade.
E começou a luta aberta e a financiar as tropas de terra e mar contra os temidos e cruéis espanhóis, pois com eles vinham os frades da terrível Santa Inquisição, prendendo, torturando, queimando, mutilando, a tordo e a direito, aqueles que eles desconfiassem de ser um judeu ou herege.
Uma vergonha para a cristandade.
Tornou-se calvinista e consecutivamente um Herói da Fé Protestante.
E, Guilherme lutou como pode.
O povo dos Países Baixos, da Holanda, deu o seu apoio, mas ele acabou assassinado por um sujeito que acreditava em Felipe II, que prometeu Títulos de nobreza, feudos, riquezas, aquém matasse seu maior inimigo, Guilherme de Orange Nassau.
O sujeito foi preso e esquartejado, não recebeu nadica de nada.

É a vida.
Mais, é dele que descende a Família Real da Holanda, a Casa de Orange, e é dela que vamos falar.

O autor.

22 de maio de 2015.