segunda-feira, 16 de março de 2015

141 - Vítor Emanuel III, Rei da Itália e Imperador da Etiópia, Rei Soldado e Rei Vitorioso.

141 - Vítor Emanuel III, Rei da Itália e Imperador da Etiópia, Rei Soldado e Rei Vitorioso.
Rei da Itália (de 1900 a 1946), Imperador da Etiópia (de 1936 a 1941), Primeiro Marechal do Império (4 de Abril 1938) e Rei da Albânia (de 1939 a 1943). 9 de maio abdicou em 1946 e foi sucedido por seu filho Umberto II.
Vitório Emanuel, o Terceiro, por graça de Deus, Rei da Itália, Imperador da Etiópia, Rei da Sardenha, Albânia, Chipre, Jerusalém, Armênia, Duque de Saboia, Conde de Maurienne, Marquês do Sacro-Império Romano na Itália; Príncipe de Piemonte, Carignano, Oneglia, Poirino, Trino; Príncipe e Vigário Perpétuo do Sacro-Império Romano; Príncipe da Carmagnola, Montmellian com Arbin e Francin, Príncipe de Bailliff do Ducado de Aosta , Príncipe de Chieri , Dronero , Crescentino , Riva di Chieri e Banna, Busca , Bene , Brà , Duque de Genoa , Monferrat , Aosta , Duque de Chablais , Genevois , Duque de Piacenza , Marquês de Saluzzo (Saluces), Ivrea , Susa , del Tegerone, Migliabruna e Motturone, Cavallermaggiore , Marene , Modane e Lanslebourg , Livorno Ferraris , Santhià Agliè , Centallo e Demonte , Desana , Ghemme , Vigone , Conde de Barge , Villafranca , Ginevra , Nizza , Tenda , Romont , Asti , Alessandria , do Goceano , Novara , Tortona , Bobbio , Soissons , Sant'Antioco , Pollenzo , Roccabruna , Tricerro , Bairo , Ozega , deo Apertole, Barão de Vaud e do Faucigni , Senhor de Vercelli , Pinerolo , da Lomellina , da Valle Sesia , Marquês de Ceva , Overlord de Mõnaco , Roccabruna e 11/12th de Menton , Nobre Patrício de Veneza e Ferrara .
Precedido por
Humberto I, "o Rei Bom", foi o segundo Rei da Itália
Unificada.

Rei de Itália

1900 — 1946
Sucedido por
Humberto II
Destronado por força de referendo de 2 de junho de 1946, no qual os italianos optaram pela instauração da república (ainda que por uma curta margem de diferença). Dias depois seguiu para o exílio, instalando-se em Cascais, Portugal.
Rei Titular da Itália
1946 — 1983
Precedido por
Sua Majestade Imperial, Imperador Haile Selassie, Eleito de Deus, Rei dos Reis, Senhor dos Senhores, Leão Conquistador da Tribo de Judá

Imperador da Etiópia

1936 — 1941
Sucedido por
Sua Majestade Imperial, Imperador Haile Selassie, Eleito de Deus, Rei dos Reis, Senhor dos Senhores, Leão Conquistador da Tribo de Judá
Precedido por
Xhafer Bej Ypi
Primeiro-ministro.

Rei da Albânia

1939 — 1943
Sucedido por

Sua Maestà Imperiale e Reale il Vitório Emanuel III da Itália, ou Vittorio Emanuele Ferdinando Maria Gennaro di Savoia, era filho de Humberto I de Savóia e Margarida de Savóia, nasceu em Nápoles, 11 de Novembro de 1869 e faleceu em Alexandria, Egito, 28 de dezembro de 1947.

Vitorio Emanuel era baixinho, quase anão, de constituição frágil, tinha apenas 153 cm de altura, e a Rainha Elena era muito alta, tinha 180 cm e forte constituição.

Recebeu ao nascer o título de Príncipe de Nápoles, em uma aparente tentativa de enfatizar a unidade nacional, alcançada recentemente.
“Seu longo reinado (46 anos) viu, para além das duas guerras mundiais, a introdução do sufrágio universal para os homens (1912), as primeiras grandes formas de proteção social, o declínio e queda do estado liberal (1900 - 1922), o ascensão e queda do estado fascista (1925 - 1 943), em 29 de outubro de 1922, encarregou Benito Mussolini, depois da sua marcha sobre Roma, da formação do novo governo e, nos anos seguintes, apoiou plenamente o regime fascista, durante seu reinado, foi assinado o Tratado de Latrão, a obtenção de limites territoriais máximos de uma Europa unida, as maiores conquistas no campo da colonial (Líbia e Etiópia)”.
“Por sua participação em duas guerras mundiais, e a vitória no primeiro foi apelidado Rei Soldado e Rei Vitorioso”.
Rei Nicola I e a Rainha Milena

Casou com a Princesa Elena de Montenegro, nascida Jelena Petrović-Njegos, ou Helena de Savoia, filha de Nicolau I Rei de Montenegro, ou Nicola I Mirkov Petrović-Njegoš, ou Kralj Nikola I Mirkov Petrović-Njegoš, e da Rainha Milena Petrova Vukotić, filha do voivode Pedro Šćepanov Vukotić , comandante militar e rico proprietário de terras, cuja família teve uma grande influência em Montenegro.
Nota: “Voivode (em sérvio-croata Воивод / Vojvod em búlgaro Войвода, em ucraniano Воєвода, em russo Воевода, em polonês Wojewoda , em romeno Voievod ) é um título eslavo designava originalmente o comandante de uma unidade militar”.
“Usado desde a idade medieval, o título foi atribuído aos governadores ou chefes de territórios na Polônia, Rússia, Sérvia, Romênia e Bulgária; nos dois últimos países, o título foi dado ao Príncipe Herdeiro e também foi o mais alto posto militar em Montenegro e Iugoslávia”.
“O Montenegro, é um Estado Europa localizado na península balcânica e com vista para o Mar Adriático. Faz fronteira com a Sérvia (Kosovo um território em disputa), Albânia, Croácia, Bósnia e Herzegovina. A partir de 3 de junho de 2006 Montenegro tornou-se um Estado independente, proclamada após o referendo sobre a 21 de Maio de 2006. Ele é um membro da ONU”.

O casamento foi celebrado 24 de Outubro de 1896, e a cerimônia civil foi realizada no Palácio do Quirinale (antigo Palácio -residência dos Papas, e atual residência do Presidente da Itália), a religiosa na Basílica de Santa Maria degli Angeli, que a mãe de Elena não compareceu porque era uma fervorosa ortodoxa e nunca aceitou a conversão da filha ao catolicismo romano.

Sua Majestade A Rainha da Itália
Sua Majestade Imperial A Imperatriz da Etiópia
Sua Majestade A Rainha dos albaneses
Sua Majestade Rainha Elena da Itália, a Condessa de Pollenzo.
Elena de Montenegro e Savoia faleceu em Montpellier, em França, onde estava para ser curada de câncer pelo Professor Paul Lamarque. 
Ela morreu de uma embolia pulmonar 28 de novembro de 1952.
Tiveram um filho varão:

Umberto e Maria José.

Umberto, sua Maestà Umberto II, Re d'Italia, ou Umberto Nicola Tommaso Giovanni Maria di Savoia, nasceu em Racconigi, 15 de Setembro de 1904 e faleceu em Genebra, 18 de março de 1983, foi o Tenente-General do Reino da Itália de 1944 a 1946 e último Rei da Itália, a partir de 9 de Maio de 1946 até 13 de junho do mesmo ano, embora o resultado do referendo de 02 de junho já haviam sido notificados 10 de junho de 1946. Para o reinado curto (um pouco mais de um mês), também é conhecido como "Il Re di Maggio". Casou com Maria José da Bélgica, Son Altesse Royal la Princesse de Belgique Marie José Carlotta Sofia Amelia Enrichetta Gabriella di Sassonia Coburgo-Gotha, filha de Alberto I, Rei da Bélgica e da Rainha Elizabeth, nascida Elisabeth Gabriele Valérie Marie Herzogin in Bayern, ou seja Duquesa da Baviera da Dinastia Wittelsbach.
Filhas mulheres:
Princesa Iolanda, Sua Altezza Reale Principessa d'Italia, d'Etiopia e Albania Iolanda Margherita Milena Elisabetta Romana Maria di Savoia (*1901 - +1986), Condessa de Calvi di Bergolo, pois casou com Giorgio Carlo Calvi di Bèrgolo, general italiano, Conde Calvi di Bergolo;
Princesa Mafalda, Sua Altezza Reale Principessa d'Italia, d'Etiopia e Albania Mafalda Maria Elisabetta Anna Romana, Muti (*1902 - +1944), Landgräfin von Hessen-Halter Kassel, pois casou com Philipp von Hessen-Kassel und Hessen-Rumpenheim, Príncipe da casa de Hesse-Kassel e como nazista presidente província de Hesse-Nassau.  Ela foi assassinada no campo de concentração de Buchenwald, na noite de 26 para 27 de agosto de 1944. O seu corpo foi enterrado no Castelo de Kronberg em Hesse. Ele em Roma no dia 25 de Outubro de 1980.
Giovanna, Sua Altezza Reale Principessa d'Italia, d'Etiopia e Albania Giovanna Elisabetta Antonia Romana Maria (*1907 - + 2000), Czarina consorte da Bulgária, pois casou com Boris III da Bulgária, Boris Roberto Clemente Maria Pio Louis Estanislau Xavier de Saxe-Coburgo-Gota.
Maria Francesca, Sua Altezza Reale Principessa d'Italia, d'Etiopia e Albania Maria Francesca Anna Romana (*1914 - +2001), Princesa de Parma, pois casou com Luigi Carlo Maria Leopoldo Roberto, Príncipe de Parma.

Brasão de Vitorio Emanuele ainda hoje na Ilha de Rhodes, Grécia.

“Em consequência da política expansionista de Mussolini, de 1936 a 1941 e de 1939 a 1943, respectivamente, foi igualmente Imperador da Abissínia (Etiópia)e Rei da Albânia. Após a derrota militar da Itália na Segunda Guerra Mundial, participou em 1943 na destituição de Mussolini por parte do Grande Conselho Fascista e assumiu o comando do exército. Em 12 de abril de 1944, renunciou a favor de seu filho Humberto II e, em 1946, abdicou e exilou-se no Egito. Pouco depois, foi proclamada a República Italiana”.
Vittorio Emanuele Ferdinando Maria Gennaro di Savoia morreu em Alexandria, com o título de " Conde de Pollenzo “, em 28 de dezembro de 1947, um dia após a assinatura da Constituição italiana. A morte de Vittorio Emanuelle III em uma casa de campo pequena, e Faruk, Rei do Egito, ordenou um funeral de estado. Até hoje o corpo de Vitorio Emanuele III repousa na Catedral de Alexandria.

  

  
Funeral de Estado em Alexandria do Egito.


Assim se conta a História de outro Soberano europeu que foi Imperador graças as conquistas de países em outros continentes pelos exércitos de seus Reinos. 


Armas do Rei d' Itália.

O Leão de Judá
Armas do Imperador da Etiópia. 


Armas do Rei da Albânia.