quinta-feira, 30 de abril de 2015

177- Ascendência de Elizabeth I, A Boa Rainha Bess - A

177-   Ascendência de Elizabeth I, A Boa Rainha Bess - A



Coat of Arms of John of Gaunt, first Duke of Lancaster


John of Gaunt, 1st Duke of Lancaster, Duke of Aquitaine, de facto King of Galicia, Earl of Leicester, Earl of Lancaster, Earl of Derby, Earl of Richmond (4th Creation), Lord High Steward, titular King of Castile & Leon suo uxoris Constance (1371–1388) ou...
... João de Gaunt, primeiro Duque de Lancaster, Duque da Aquitânia, de facto Rei da Galiza, Conde de Leicester, Conde de Lancaster, Conde de Derby, Conde de Richmond (4 º criação), Lord High Steward, Rei titular de Castela e Leon suo uxoris Constance (1371 -1388) ...
Membro de The House of Plantagenet, mas fundador do ramo cadete da House of Lancaster.
Filho de Eduardo III e de Filipa de Hainaut, Reis da Inglaterra.
Casou com:
1-      Blanche of Lancaster, filha mais nova de Henrique de Grosmont, 1 º Duque de Lancaster (1 º criação), 4 º Conde de Leicester, Conde palatino de Lancaster, Conde de Derby, Lord High Steward, cavaleiro fundador da Ordem da Jarreteira em 1348, e sua esposa Isabel de Beaumont. Riquíssimos.
João e Blanche foram pais de 7 filhos, entre os quais:
a-      Filipa de Lencastre, que casou com Dom João I, Rei de Portugal;
b-      Henrique IV, Rei da Inglaterra, ou Henry Bolingbroke, que com Mary de Bohun foi pai de Henrique V, Rei da Inglaterra.

2-       Constanza de Castilla, Infanta de Castilla y segunda hija de Pedro I el Cruel, Rey de Castilla, y de María de Padilla.
João e Constanza tiveram dois filhos, entre os quais:
a-      Catalina de Lancáster, Reina consorte de Castilla
                                                                                            por su matrimonio con el Rey Enrique III de Castilla.

3-      Katherine Swynford, filha de Payne Roet of Guienne, King of Armes in the time of K. Edward the 3.
João e Katherine tiveram 4 filhos, a saber:
a-      John de Beaufort, 1 º Conde de Somerset, 1 º Marquês de Somerset, 1 º Marquês de Dorset, Lord Warden of the Cinque Ports;
b-      Henry de Beaufort, Cardinale presbitero di Sant'Eusebio, Lord Chancellor of England, Chancellor of the University of Oxford, Bispo de Winchester e outros Títulos;
c-       Thomas de Beaufort, 1 º Duque de Exeter, Cavaleiro da Ordem da Jarreteira, e outros Títulos;
d-      Joan de Beaufort –casou com Robert Ferrers, quinto Baron Boteler de Wem.
                                                     Em segundas núpcias com Ralph Neville, 1º Conde de Westmoreland.


Esse João de Gaunt, era um tremendo façanhudo, pois além dos 13 filhos dentro dos casamentos oficiais teve mais uma com Marie de St. Hilaire, natural do Hainaut, de nome Blanche, que casou com Sir Thomas Morieux, mas não tiveram filhos.
Era dado a façanhas o nosso João de Gaunt, ou não???

 Continuemos:


Arms of Beaufort family, Earls and Dukes of Somerset: Quarterly, 1st & 4th: Azure, three fleurs de lis or (France); 2nd & 3rd: Gules, three lions passant guardant in pale or (England); all within a bordure compony argent and azure

Nota de esclarecimento sobre os de Beaufort:

The House of Beaufort, A Casa de Beaufort. O nome Beaufort refere-se a um castelo no coração da Champagne, na hoje cidade de Montmorency-Beaufort, departamento de Aube, região de Champagne-Ardenne, França, que era propriedade de João de Gaunt, 1.º Duque de Lencastre, terceiro filho de Eduardo III”.

A travessia da Rainha Filipa.
Anônimo.

João de Gaunt, 1.º Duque de Lancaster, foi amante de Katherine Swynford, governanta de suas filhas, e filha de Sir Payne Roet of Guienne, um dos jovens escudeiros do Hainaut que fazia parte da comitiva da Condessinha Filipa de Hainaut, em sua partida de Valenciennes com destino a Londres, para se casar com Eduardo III, Rei da Inglaterra, em dezembro 1327.
A liderança da Comitiva Ducal estava por conta do tio da noiva, John de Hainaut, seigneur de Noordwijk, Gouda et Schoonhoven.
Estou citando esse pequeno nobre porque sua filha, Katherine Swynford, casou com João de Gaunt, Duque de Lancaster, em 13 de janeiro 1396, dois anos após a morte de segunda esposa do Duque, Constanza de Castilla, Infanta de Castilla.
Os cronistas falam que ela ficou em situação difícil por ser teuda e manteuda de João de Gaunt, mas eu não penso assim, pois quando do casamento dos dois, o pai dela aparece como Rei de Armas do Rei Eduardo III.
Vejam:
Records of their marriage kept in the Tower and elsewhere list: 'John of Ghaunt, Duke of Lancaster, married Katharine daughter of Guyon King of Armes in the time of K. Edward the 3, and Geffrey Chaucer her sister'.
Ora, numa monarquia o cargo de Rei de Armas, ou de Arauto Real, é de suma importância já que ele é o responsável pelos registros dos feitos nobres de um cavaleiro,” a quem está encomendado o registro dos Brasões, a formação dos novos que serão concedidos e a observância das leis heráldicas”.   
“Este cargo teve muitas prerrogativas e grande importância nos últimos séculos da Idade Média, especialmente na organização dos torneios e na formulação das suas regras”.
E mais:
“O Rei de Armas era um título de dignidade e honra que davam os Reis aos cavaleiros mais esforçados que eram responsáveis por alertar sobre as façanhas militares de outros e depor sobre eles para a sua remuneração e recompensa, decidir em causas duvidosas dos feitos de armas, denunciar as guerras, assentar paz, assistir aos conselhos de guerra e interpretar as letras escritas em língua estrangeira aos reis. Suas insígnias eram as armas e brasão do imperador ou rei, sem nenhuma ofensiva pois não guerreavam.”.
Diante disso como afirmar que a filha de “Guyon King of Armes” estava em desgraça, ou trazia vergonha para a sua família?
Não dá.
Se eles estivessem em má situação como Eduardo III poderia honra-lo, honra o pai da teuda e manteuda, com tal cargo?
Não dá.
Eu creio sinceramente que havia uma convivência pacifica entre os envolvidos diante do Rei, da Rainha, e da Corte da Inglaterra.

Agora o mais notável é que de Sir Payne Roet of Guienne, um dos jovens escudeiros do Hainaut, que se tornou Guyon King of Armes in the time of K. Edward the 3, se tornou, também, o antepassado dos monarcas da Inglaterra porque sua filha Katherine casou com João de Gaunt, o façanhudo.  

Os filhos de João de Gaunt e de Katherine Swynford, agora Duquesa de Lancaster e consorte dos outros Títulos do marido, foram legitimados pelo Santo Padre Bonifacio IX Tomasello, nato Pietro Tomacelli in una famiglia di baroni di Napoli, 203º papa della Chiesa cattolica, e pelo Rei Ricardo II, o nosso conhecido Richard of Bordeaux, sobrinho do pai das crianças, contudo “Essa Linhagem não poderia ser usada para fazer ou ter qualquer pretensão ao Trono da Inglaterra”.
John de Beaufort, 1 º Conde de Somerset, 1 º Marquês de Somerset, 1 º Marquês de Dorset, Lord Warden of the Cinque Ports, acima citado, casou com
Margaret Holland, filha do Conde Thomas de Kent, e tiveram um filho também chamado de João, que foi elevado à categoria de Duque de Somerset, sendo assim o primeiro a usar esse Título.
O Duque de Somerset casou com Margaret, filha de John Beauchamp of Bletsoe, e tiveram uma filha, Lady Margaret Beaufort, que se casou com Edmund Tudor, Conde de Richmond.
Edmundo Tudor era filho de Owen Tudor e de Catherine de France, viúva do Rei da Casa de Lancaster, Henrique V, que governou de 1413 a 1422, e mãe de Henrique VI.
Os Condes de Richmond tiveram um filho chamado Henrique e esse era o Líder e o Comandante em chefe das Tropas da Casa de Lancaster, afinal, também, descendia de João de Gaunt, Duque de Lancaster.
Henrique Tudor parte para o confronto com o Rei Ricardo III e essa acontece no Campo de Bosworth, onde o regicida encontra a morte e Henrique o caminho para o Trono da Inglaterra.
 O ano é de 1485.
Em 30 de outubro de 1485, na Catedral de Westminster, o primeiro membro da Casa dos Tudor é coroado e sob ao Trono da Inglaterra com o nome de Henrique VII.
Casa-se com a Princesa Elizabeth de York, filha do Rei Eduardo IV e da Rainha Elizabeth, assim dois descendentes diretos de João de Gaunt, sobem ao Trono da Inglaterra.
É a legitimidade.
É a fusão das Casas de Lancaster e de York.
É o fim da “Guerra das Rosas”.
Como ato final dessa guerra fraticida, Henrique VII mandou decapitar o revoltado Eduardo, 17 º Conde de Warwick, que reivindicava para si o Trono da Inglaterra, neto de Ricardo Plantageneta da York ( quem puxa aos seus não degenera), já tão cantado e decantado, um filho de George Plantageneta, 1º Duque de Clarence, 1º Conde de Salisbury, esse irmão de Eduardo IV e Ricardo III, justiçado por traição, mas que pela a tradição popular morreu afogado no seu vinho favorito, e de Lady Isabel, filha do Kingmaker, outro cantado em prosa e verso, em 28 de novembro de 1499.


Continua....

King Edward III